sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Eu sei que...

... na verdade já não sei nada.

Continuo à espera que o dia chegue... o dia em que ele entra por aquela porta a dizer que me ama e que não consegue viver sem mim, que me liga só para me ouvir novamente... que me abraça, que me beija que me ama novamente.
Porém, talvez seja hora de deixar de pensar com o coração... de seguir em frente, afinal foi o que ele quis.. talvez assim esteja mais feliz!
Ele não vai voltar, não vai ligar, não vai querer sequer terminar comigo pessoalmente... não vai despedir-se de mim, vai simplesmente deixar-me ir sem medos, sem receios... ele vai ficar feliz com a minha distância, ele vai ser feliz. Sei que sou egoista ao quere-lo perto de mim, quando provavelmente ele só o será sem mim.

E agora, prometo não vos escrever mais sobre ele, nós e o passado... prometo ser forte e passar mais esta batalha difícil que  a vida me colocou... prometo ser uma mulher forte e orgulhar todos aqueles que me amam e me querem ver feliz.

Obrigada estrela, por continuares a brilhar, por me acompanhares sempre e para sempre. Gostava de te ter aqui, para sentir o teu abraço forte e reconfortante, mas sei que hás-de sempre abraçar-me mesmo sem me abraçar, ver-me sem te ver, amares-me e eu sempre te amarei.

beijinho*

A'

2 comentários:

  1. Ninguém merece o nosso sofrimento. A vida reserva-nos muitas surpresas! *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sem dúvida :)
      os bons momentos levá-los na memória, e os maus, nunca os esquecer,um exemplo para seguir em frente, e ser mais e mais feliz!

      Eliminar

Deixa aqui a tua opinião.
Prometo responder com a maior brevidade!

Ocorreu um erro neste dispositivo